top of page

Este livro marca a despedida de uma referência incontornável para gerações de escritores e leitores.

No Rio de Janeiro do início da quarentena, o narrador passou a observar uma vizinha que saía de madrugada para dar uma volta no estacionamento a céu aberto. Embora ela não soubesse que estava sendo acompanhada, uma estranha cumplicidade se estabeleceu entre os dois, e sua presença simbolizava a promessa de um encontro arrebatador, ao mesmo tempo em que representava a morte pairando ao redor.
Assombroso e revelador, “A dama de branco” foi o último texto publicado por Sérgio Sant’Anna, que faleceu em 2020, durante a brutal pandemia de coronavírus. Além da narrativa que dá título ao livro, o volume é composto por outros dezesseis contos ― que tratam da solidão, da memória, do desejo e da própria escrita ― e uma novela, que estava em vias de ser terminada.
A dama de branco atesta que a prosa de um dos principais escritores brasileiros contemporâneos se manteve vigorosa e afiada até os últimos dias.

 

SÉRGIO SANT’ANNA nasceu no Rio de Janeiro, em 1941. Iniciou sua carreira como escritor em 1969, e em vida publicou mais de vinte livros ― entre eles, os premiados: O concerto de João Gilberto no Rio de Janeiro;  Amazona;  O voo da madrugada,  e Anjo noturno. Sua obra foi traduzida para o alemão, italiano, francês, tcheco, espanhol e hebraico, além de adaptada para o cinema e teatro. Morreu em 2020.

 

Detalhes do produto

  • Editora ‏ : ‎ Companhia das Letras; 1ª edição (19 agosto 2021)
  • Idioma ‏ : ‎ Português do Brasil
  • Capa comum ‏ : ‎ 192 páginas
  • ISBN-10 ‏ : ‎ 6559210871
  • ISBN-13 ‏ : ‎ 978-6559210879
  • Dimensões ‏ : ‎ 14 x 1.2 x 21 cm

A dama de branco - Sérgio Sant’Anna

SKU: 9786559210879
27,00 €Preço
  • Até 5 dias úteis.