top of page

"Uma nova interpretação da jornada feminina para reavaliar nossos conceitos sobre o heroísmo e as divisões de gênero no mundo moderno Neste livro, a folclorista Maria Tatar apresenta uma desconstrução das chamadas verdades universais atemporais, presentes em contos, mitos e narrativas ficcionais e não ficcionais sobre o papel das mulheres. Professora e pesquisadora da Universidade de Harvard, a autora desafia os modelos canônicos de heroísmo presentes em O Herói de Mil Faces, de Joseph Campbell, com sua ênfase masculina em alcançar a glória e a imortalidade. Encontrar as mulheres omitidas em seu relato e definir as respectivas trajetórias heroicas não é tarefa fácil, considerando que Campbell inspirou a cartilha para os diretores de cinema hollywoodianos. Por meio de sua escrita ágil e fácil de entender, Maria Tatar descreve de forma surpreendente os mitos ligados às mulheres - rompendo assim as fronteiras de gênero. Este livro revolucionário nos traz empatia e justiça social como nenhum outro trabalho da história cultural recente a respeito do papel da mulher nas narrativas míticas e históricas."

 

"As mulheres vivenciam hoje um processo de reconstrução de suas narrativas, por meio do autoconhecimento e da legitimação de seu valor e contribuições para a sociedade, na história, na cultura, na vida cotidiana e no imaginário popular. É nessa perspectiva que a folclorista Maria Tatar nos oferece, em A Heroína de 1001 Faces, uma desconstrução das chamadas verdades universais atemporais, presentes em contos, mitos e narrativas ficcionais e não ficcionais sobre o papel das mulheres. Professora e pesquisadora da Universidade de Harvard, a autora desafia os modelos canônicos de heroísmo presentes em O Herói de Mil Faces, de Joseph Campbell, com sua ênfase masculina em alcançar a glória e a imortalidade. Encontrar as mulheres omitidas em seu relato e definir as respectivas trajetórias heroicas não é tarefa fácil, considerando que Campbell inspirou a cartilha para os diretores de cinema hollywoodianos. O público em todo o mundo se rendeu voluntariamente à atração das narrativas de missões e heróis carismáticos. Seja na forma de Frodo, Luke Skywalker ou Harry Potter, o herói arquetípico de Campbell foi muito além do domínio das bilheterias. Por meio de sua escrita ágil e fácil de entender, Maria Tatar descreve de forma deslumbrante e surpreendente os mitos ligados às mulheres – rompendo assim as fronteiras de gênero – criando um arco luminoso que nos leva desde os tempos antigos até os dias atuais. Este livro revolucionário nos traz empatia e justiça social como nenhum outro trabalho da história cultural recente a respeito do papel da mulher nas narrativas míticas e históricas, para que possam se ver como protagonistas, e não mais como coadjuvantes ao lado de heróis homens."

 

Maria Tatar é professora e pesquisadora do Centro John L. Loeb de Línguas e Literaturas Germânicas e de Folclore e Mitologia da Universidade de Harvard. Também é membro sênior da Harvard Society of Fellows e autora de muitos livros nas áreas de folclore, estudos alemães e literatura infantil. Escreveu ainda para os jornais The New York Times, The New Yorker, New Republic e Slate. É convidada frequente da NPR (National Public Radio, de Washington, DC) e da BBC. Recebeu o Prêmio Imagem da National Association for the Advancement of Colored People (NAACP), na categoria Trabalho Literário de Ficção de Destaque, em 2018. Ela é bolsista da National Endowment for the Humanities, da Guggenheim Foundation e do Radcliffe Institute for Advanced Studies.

 

Detalhes do produto

  • Editora ‏ : ‎ Cultrix
  • 1ª edição (3 agosto 2022)
  • Idioma ‏ : ‎ Português do Brasil
  • Capa comum ‏ : ‎ 432 páginas
  • ISBN-13 ‏ : ‎ 978-6557361948
  • Dimensões ‏ : ‎ 16 x 2.3 x 23 cm

A heroína de 1001 faces - Maria Tatar

SKU: 9786557361948
30,00 €Preço
</