top of page

III

às vezes ocorre à poeta

sustentar o vazio

(ou o céu, que é quase a mesma coisa)

sustentar o céu

sobre a terra

que a sustenta.

às vezes ocorre à poeta

apagar as estrelas

salgar as palavras

e naufragar horizontes

fazendo zunir zênites azuis.

por isso ela reúne

faíscas, florestas,

e o leite do peito das mães

tudo junto faz silêncio

e embala a poeta

que sonha

(finalmente a escutar

o descompasso do seu coração).

poesia

 

a poesia de tenille vai do voo à pedra. do vazio à palavra. convida, portanto, à navegação de horizontes. ondjaki

 

 

Tenille Bezerra

Autora baiana, brasileira, cineasta e investigadora. Publicou, antes, o livro “Rumor”.

Este livro é a primeira parceria da editora Talismã (Brasil) e da Kacimbo (Angola).

Alíberes, aves e plumas - Tenille Bezerra

SKU: 9786598117108
13,21 €Preço
  • Até 5 dias úteis.

   Portes de envio.

Taxa fixa de € 3,25 por pedido

Entrega grátis para pedidos acima de  € 50,00 

                     

Produtos relacionados