top of page

Trata-se de uma coletânea de 12 contos que remontam o período da escravidão, a partir da perspectiva de mulheres, crianças, homens e velhos escravizados, e narram como eles resistiram com amor, raiva, humor, esperança, vitalidade e planos de liberdade a esse duro processo. Uma mistura de ficção e memória, tendo como arquétipos a oralidade, a poesia e a musicalidade ancestral africana, reescrevendo o passado, através do ponto de vista de personagens negligenciados pela história oficial.

 

Onde estava aquele caminho que levava ao rio que tanto lembravam...? Onde estavam as fogueiras em que os jovens se sentavam em volta para fazer brincadeiras e dançar...?

Eles não tinham permissão para lembrar e alguns já não queriam fazê-lo. Lá estavam os canaviais sufocantes e cheios de escorpiões e serpentes, os feitores estalando os chicotes nas suas costas… Se tentavam fugir, tinham as orelhas e os narizes cortados, a tortura e o sangue... a morte ao final e no começo de tudo...

 

Teresa Cárdenas é escritora, atriz, contadora de história e assistente social. É membro da Associação de Escritores da União de Escritores e Artistas de Cuba. Recebeu inúmeros prêmios que a credenciam como uma das vozes mais relevantes da literatura cubana. Entre os livros de destaque estão Cartas para a minha mãe e Cachorro velho (Prêmio Casa de las Américas, 2005) publicados em Cuba, Canadá, Estados Unidos, Suécia, Coreia do Sul e no Brasil pela Pallas Editora. Suas histórias fazem parte de diferentes antologias; e sua obra é referência para ensaios literários e teses universitárias em Cuba, Estados Unidos, Colômbia, Venezuela e Brasil. Teresa, que já participou de festivais literários em diversos países, mora em Havana e tem três filhos.

 

Detalhes do produto

  • Editora ‏ : ‎ Pallas
  • 1ª edição (16 novembro 2022)
  • Idioma ‏ : ‎ Português do Brasil
  • Capa comum ‏ : ‎ 96 páginas
  • ISBN-13 ‏ : ‎ 978-6556020914
  • Dimensões ‏ : ‎ 13 x 0.8 x 18 cm

Awon Baba - Teresa Cárdenas

SKU: 9786556020914
14,00 €Preço
  • Até 5 dias úteis.