top of page

 “Nunca aceitem o inaceitável!”

Um testemunho emocionante de um sobrevivente do preconceito e do ódio.

 

 Joseph Weismann tem onze anos quando, no dia 16 de julho de 1942, as autoridades do governo colaboracionista de Vichy, na França ocupada durante a Segunda Guerra Mundial, fazem uma prisão em massa de judeus em Paris. Joseph e sua família são levados para o Velódromo de Inverno, onde são mantidos por vários dias, sem comida, sem água, sem condições sanitárias e debaixo de um calor inclemente. Depois, em vagões destinados a animais, são levados para um campo de triagem na região central do país. Ninguém sabe ao certo o que acontecerá.

Lá Jo é separado dos pais e das irmãs. Restam apenas crianças nesse campo, e Joseph se junta a outro menino para armar um plano de fuga daquele lugar. O plano dá certo, e Joseph agora livre, porém desnutrido, ferido e sem saber se um dia reencontrará sua família, ele precisa aprender a sobreviver sozinho.

Joseph descobriu da pior forma que a fuga do campo não seria o fim do seu pesadelo. Sem família, ele passou a vagar pelas ruas, aceitando trabalhos em troca de comida e depois recolhido por abrigos lotados de órfãos e casas de acolhimento onde era maltratado por pessoas que reproduziam mesmo preconceito contra os judeus que embasava o antissemitismo nazista.

Décadas depois da guerra, Jo percebeu a importância de contar a sua história para o mundo e não deixar que esse acontecimento seja apagado da memória da humanidade. Esta HQ traz a reflexão da responsabilidade de cada um de nós em impedir a propagação do preconceito, mostrando como, com a participação de pessoas comuns, a tragédia do Holocausto se tornou possível.

 

Sobre o Autor

Nasceu em 1971, em Herblay-sur-Seine, na França, e é escritor e roteirista de HQs, assinando cerca de cinquenta roteiros, sozinho ou em colaboração. Desde 2009, Delalande é patrocinador e membro da diretoria da ONG Bibliothèques Sans Frontières [Bibliotecas Sem Fronteiras], cuja missão é apoiar o desenvolvimento sustentável por meio da distribuição de livros, fomento de projetos e instituições culturais em países em desenvolvimento.

Joseph Weismann tem hoje 92 anos. Por muito tempo, nunca quis falar sobre tudo o que lhe aconteceu. Mas, aos oitenta anos, depois de um encontro com a escritora Simone Veil, também uma sobrevivente do Holocausto, escreveu um livro de memórias e passou a visitar escolas e universidades, na França e em outros países, para contar sua história a crianças e jovens e evitar que ela se repita.

É quadrinista francês, especializado em HQs com temas históricos. Ele estudou na École Supérieure d’Arts Graphiques em Paris e conta com diversos livros publicados.

 

Detalhes do produto

  • Editora ‏ : ‎ Leya
  • 1ª edição (24 março 2023)
  • Idioma ‏ : ‎ Português do Brasil
  • Capa comum ‏ : ‎ 128 páginas
  • ISBN-13 ‏ : ‎ 978-6556432113
  • Dimensões ‏ : ‎ 21 x 1 x 28 cm

Depois da prisão em massa - Arnaud Delalande, Joseph Weismann

SKU: 9786556432113
24,00 €Preço