top of page

Em toda a sua complexidade histórica, os cachorros são fundamentais para o entendimento do mundo – com fronteiras cada vez menos protegidas entre espécies – e da vida conjunta da Terra. Como espécie companheira, eles têm sido parceiros no crime da evolução humana, desde o início, astutos como o coiote. Uma das mais fascinantes pensadoras da atualidade, a filósofa, bióloga e teórica do feminismo Donna Haraway apresenta neste livro uma análise singular e pioneira sobre a implosão da natureza e da cultura gerada a partir da estreita relação entre pessoas e cachorros, ligados pelo que chama alteridade significativa. Cruzando perspectivas da história, da ciência, da própria experiência visceral com seus cachorros e em diálogo direto com o Manifesto ciborgue, obra feminista referencial de sua autoria, Haraway defende a atenção à vida multiespécie como caminho possível para um futuro de sociedades mais justas e também para um mundo mais vivível.

 

Donna Haraway é filósofa, bióloga e teórica feminista, nascida em Denver, Estados Unidos, em 1944. Formou-se em zoologia e cursou doutorado em biologia na Universidade Yale. Nos anos 1970, foi professora na Universidade do Havaí e na Universidade Johns Hopkins, ensinando temas relacionados ao estudo feminista das ciências. Em 1980, ao integrar o corpo docente da Universidade da Califórnia, em Santa Cruz, ela se tornou a primeira professora de teoria feminista com estabilidade (tenure) dos Estados Unidos. Aposentou-se como professora em 2010, mas segue atuando como pensadora pública e pesquisadora, escrevendo e publicando nas áreas que a notabilizaram: pensamento feminista, filosofia, história das ciências, ética e filosofia política.

 

Detalhes do produto

  • Editora ‏ : ‎ Bazar do Tempo;
  • 1ª edição (21 julho 2021)
  • Idioma ‏ : ‎ Português do Brasil
  • Capa comum ‏ : ‎ 192 páginas
  • ISBN-13 ‏ : ‎ 978-6586719642
  • Dimensões ‏ : ‎ 13.8 x 1.7 x 21 cm

O manifesto das espécies companheiras - Donna Haraway

SKU: 9786586719642
22,00 €Preço
  • Até 3 dias úteis.

   Portes de envio.