top of page

Ancorada nas reflexões feministas sobre a globalização e a dinâmica das relações sociais de sexagem, raça e classe, esta obra é um ensaio sobre o uso da coerção como método - e sobre o rol da violência contra as mulheres - para garantia de instalação do neoliberalismo global.

A instrumentalização de uma violência aparentemente “cega” que, na realidade, é tanto controlada politicamente, quanto implacável, constitui o “fio vermelho” que vincula os quatro textos que compõem o livro. Aterrorizantes semelhanças entre a tortura política e a violência doméstica, em El Salvador na América central. A criação de uma classe de sexo masculina dos “irmãos de armas”, graças ao serviço militar na Turquia. Difusão das técnicas de “guerra de baixa intensidade” no México. E perpetuação neocolonial das violências contra as mulheres indígenas na Guatemala.

Falquet tece distintos níveis de análise para fazer trabalhar juntas as perspectivas teórico-políticas que, geralmente, são mantidas separadas. Assim, ao revelar continuidades que vinculam a violência misógina aos métodos coercitivos militar-policiais, este trabalho expõe as profundas lógicas de gênero da governança global, aqui chamada, por meio de uma ironia, de Pax Neoliberalia.

 

Detalhes do produto

  • Editora ‏ : ‎ sobinfluencia edições
  • 1ª edição (1 janeiro 2022)
  • Idioma ‏ : ‎ Português do Brasil
  • Capa comum ‏ : ‎ 180 páginas
  • ISBN-13 ‏ : ‎ 978-6599501746
  • Dimensões ‏ : ‎ 14 x 1.5 x 21 cm

Pax Neoliberalia: Mulheres e Reorganização Global da Violência - Jules Falquet

SKU: 9786599501746
28,00 €Preço