top of page

Reunindo textos inéditos de doze pesquisadores de distintas regiões do Brasil, esta obra reconstrói as experiências de personagens negros até então pouco conhecidos. Os autores são historiadores jovens e consagrados que compartilham o compromisso com a pesquisa empírica, lendo nas entrelinhas processos judiciais, contratos, registros paroquiais e correspondência oficial para recuperar a agência histórica de homens e mulheres africanos e seus descendentes. Ao tratar da escravidão e da liberdade, os estudos aqui apresentados centram-se nos indivíduos, resgatando essas vidas do anonimato e demonstrando como a instituição da escravidão afetou a todos ― escravizados, libertos e livres. Cada capítulo revela a riqueza de nossos arquivos e a sensibilidade dos autores, que, com base em fragmentos históricos, recompuseram com maestria a trama complexa dos laços que unem a África e o Brasil, buscando compreender como africanos e seus descendentes ultrapassaram as limitações e a violência do cativeiro desde o século XVII. O resultado é uma obra comprometida a revelar as raízes do racismo estrutural que caracteriza a sociedade brasileira e o papel da desigualdade e da violência racial na formação do país. Leitura fundamental para compreendermos a dívida histórica do Brasil para com os descendentes dos mais de 5,5 milhões de africanos escravizados que chegam aos portos brasileiros durante os mais de quatro séculos de existência do tráfico de almas. Textos de: Antonia da Silva Mota, Cândido Domingues, Daniele Santos de Souza, Juliana Barreto Farias, Lucilene Reginaldo, Matheus Silveira Guimarães, Marcus J. M. de Carvalho, Paulo Roberto Staudt Moreira, Reinaldo dos Santos Barroso Junior, Rômulo Luiz Xavier Nascimento, Roquinaldo Ferreira e Valéria Costa. Prefácio de Flávio Gomes.

 

Valéria Costa é professora adjunta do Departamento e do Programa de Pós‑Graduação em História da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) na área de História da África. Desenvolve pesquisas nas áreas de escravidão e diáspora africana no século XIX, religiões e cultura afro‑brasileira. Entre suas principais publicações estão: Òmìnira ― Mulheres e homens libertos da Costa d’África no Recife (c.1846‑c.1890) (São Paulo: Alameda, 2021) e É do dendê! ― Histórias e memórias urbanas da nação xambá no Recife (1950‑1992) (São Paulo: Annablume, 2009). Co‑organizadora do livro Religiões negras no Brasil ― Da escravidão à pós‑emancipação (São Paulo: Selo Negro, 2016).

 

Detalhes do produto

  • Editora ‏ : ‎ Selo Negro Edições; 1ª edição (6 novembro 2023)
  • Idioma ‏ : ‎ Português do Brasil
  • Capa comum ‏ : ‎ 168 páginas
  • ISBN-10 ‏ : ‎ 6599883761
  • ISBN-13 ‏ : ‎ 978-6599883767
  • Dimensões ‏ : ‎ 17 x 0.8 x 24 cm

Travessias no Atlântico negro: Tráfico, biografias e diáspora.. - Valéria Costa

SKU: 9786599883767
26,00 €Preço