top of page

 

Uma repórter em busca dos acontecimentos que não viram notícia e das pessoas que não são celebridades. Uma cronista à procura do extraordinário contido em cada vida anônima. Uma escritora que mergulha no cotidiano para provar que não existem vidas comuns. O mendigo que jamais pediu coisa alguma. O carregador de malas do aeroporto que nunca voou. O macaco que ao fugir da jaula foi ao bar beber uma cerveja. O álbum de fotografias atirado no lixo que começa com uma moça de família e termina com uma corista. O homem que comia vidro, mas só se machucava com a invisibilidade. Essas fascinantes histórias da vida real fizeram formam uma obra que emociona pela sensibilidade da prosa de Eliane Brum e pela agudeza do olhar que a repórter imprime aos seus personagens – todos eles tão extraordinariamente reais que parecem saídos de um livro de ficção.

* Livro vencedor do Prêmio Jabuti 2007 na categoria Reportagem.

 

Gaúcha de Ijuí, nascida em 1966, Eliane Brum é jornalista, escritora e documentarista. Iniciou no jornalismo em 1988 e tornou-se uma das repórteres mais premiadas do Brasil. Publicou seis livros – cinco de não ficção e um romance. Pela Arquipélago Editorial, lançou A vida que ninguém vê (2006, Prêmio Jabuti de melhor livro de reportagem), A menina quebrada (2013, Prêmio Açorianos de melhor livro do ano), O olho da rua (2017, segunda edição) e meus desacontecimentos (2017, segunda edição). Atualmente, desenvolve seu principal projeto de reportagem na Amazônia e é colunista do portal El País.

 

Detalhes do produto

  • Editora : Arquipélago Editorial;
  • 1ª edição (22 agosto 2006)
  • Idioma : Português do Brasil
  • Capa comum : 208 páginas
  • ISBN-13 : 978-8560171002
  • Dimensões : 20.8 x 14 x 1.4 cm

# A vida que ninguém vê, Eliane Brum, ISBN 9788560171002

A vida que ninguém vê - Eliane Brum

SKU: 9788560171002
18,00 € Preço normal
16,20 €Preço promocional
  • Até 3 dias úteis.