top of page

A revolução digital está causando impactos tão profundos sobre a humanidade quanto em outra era causou a Revolução Industrial. O que chamamos de capitalismo tem as suas raízes na industrialização, que envolveu transformações nas técnicas e nas relações sociais de produção, com o trabalho assalariado e o lucro do capitalista, além de um marco jurídico centrado na propriedade privada dos meios de produção. Com a revolução digital - que envolve uma expansão radical das tecnologias, bem como a generalização da economia imaterial, a conectividade global, o dinheiro virtual e o trabalho precário -, a própria base da sociedade capitalista se desloca. Em particular, a apropriação do produto social por minorias ricas, porém improdutivas, já não exige geração de emprego e produção de bens e serviços na mesma escala; ela passa pela intermediação do dinheiro, do conhecimento, das comunicações e das informações privadas. Onde a fábrica imperava, hoje temos as plataformas em escala planetária, que exploram não só as pessoas - através do endividamento, por exemplo - mas também as próprias empresas produtivas, por meio dos dividendos pagos a acionistas ausentes (absentee owners).

 

Detalhes do produto

  • Editora ‏ : ‎ EDITORA ELEFANTE
  • 1ª edição (15 setembro 2022)
  • Idioma ‏ : ‎ Português do Brasil
  • Capa comum ‏ : ‎ 178 páginas
  • ISBN-13 ‏ : ‎ 978-6587235974
  • Dimensões ‏ : ‎ 0.1 x 13 x 18 cm

RESGATAR A FUNÇÃO SOCIAL DA ECONOMIA - LADISLAU DOWBOR

SKU: 9786587235974
15,90 € Preço normal
14,31 €Preço promocional
  • Até 3 dias úteis.

   Portes de envio.

Taxa fixa de € 3,25 por pedido

Entrega grátis para pedidos acima de  € 50,00