top of page

Publicado originalmente em 1939, Dia garimpo, de Julieta Barbara, é um dos poucos livros da fatura modernista de autoria feminina e ficou esquecido por mais de oitenta anos. Esta nova edição da obra realiza um resgate de uma autora brasileira do século XX que pode nos ajudar a ler questões dos dias atuais. Sensível a alguns princípios modernistas, como a pesquisa de motivos, mitos e referências da cultura brasileira, o livro parece depurar a pesquisa estética de seu tempo, trabalhando com uma linguagem coloquial, com registros orais, evocando personagens e manifestações religiosas variadas e acenando para outras artes, como a música, a dança e as artes visuais. Além de reproduzir o material que constava na primeira publicação – ilustrações da própria Julieta Barbara, uma carta-prefácio do poeta Raul Bopp e um retrato da autora por Flávio de Carvalho –, esta nova edição traz onze poemas inéditos de Julieta, um posfácio de Mariano Marovatto e texto de orelha de Veronica Stigger.

 

Julieta Barbara Guerrini (1908-2005) nasceu em Piracicaba, São Paulo. Foi uma escritora de seu tempo, em sintonia com as mudanças culturais da época, tendo experimentado também outras linguagens artísticas. Além de poeta, foi pintora e escreveu crônicas para o jornal carioca “A Manhã” em 1941. Seu único livro, Dia garimpo, foi publicado originalmente em 1939 e nunca mais teve outra edição.

 

  • Editora ‏ : ‎ Círculo de poemas; 1ª edição (15 fevereiro 2022)
  • Idioma ‏ : ‎ Português do Brasil
  • Capa comum ‏ : ‎ 112 páginas
  • ISBN-10 ‏ : ‎ 6584574008
  • ISBN-13 ‏ : ‎ 978-6584574007
  • Dimensões ‏ : ‎ 13.5 x 2 x 20 cm

Dia Garimpo - Julieta Barbara

SKU: 9786584574007
24,00 €Preço
  • Até 5 dias úteis.

   Portes de envio.

Taxa fixa de € 3,25 por pedido

Entrega grátis para pedidos acima de  € 50,00