top of page

Esta pesquisa de ponta alerta o grande público e os profissionais em geral sobre a urgente necessidade de superar as anomalias da normalidade: opiniões, atitudes, comportamentos e hábitos, dotados de consenso social e patogênicos, em diversos graus de intensidade. Este é um dos conceitos mais importantes do paradigma transdisciplinar emergente.

 

Pierre Weil, doutor em Psicologia pela Universidade de Paris, é um nome consagrado na psicologia contemporânea, com mais de trinta obras publicadas em diversos idiomas. Professor emérito da Universidade Federal de Minas Gerais. A Unesco publicou o seu livro A arte de viver em paz, que é uma educação emergente, holística e centrada na paz. Foi um eminente mentor do movimento holístico no Brasil e na Europa. É presidente e reitor da Universidade Holística Internacional de Brasília – Unipaz. Em 14 de abril de 1988, o Professor Pierre Weil foi designado como reitor da Universidade Holística Internacional de Brasília. Graças à sua liderança e a uma equipe de colaboradores alto padrão, Brasília veio se formar no seu seio a Terceira Universidade da Paz do Mundo, depois de Tóquio e Costa Rica. Hoje Brasília também irradia educação para paz em seis regiões do Brasil, através dos campos avançados da Universidade em Porto Alegre, São Paulo, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Salvador e Fortaleza. A universidade criada por Pierre Weil fornece hoje uma série de cursos de formação de educadores para paz para crianças, adolescentes, jovens e adultos. A Universidade da Paz tem se mostrado também como um ponto de encontro transreligioso e de transpartidarismo político. Um programa especial que consiste num mutirão nacional permanente de educação para paz que conta com o apoio da Unesco e da Presidência da República coloca Brasília no seu verdadeiro lugar, o de Cidade da Paz, título que lhe foi outorgado pelo Conselho Mundial da Paz de Helsinque em 1989, a convite do então reitor da UNB, Cristóvam Buarque. Pierre Weil faleceu em Brasília em outubro de 2008, aos 84 anos.

Jean-Yves Leloup, doutor em Psicologia, Filosofia e Teologia, doutor honoris causa pela Universidade de Colombo (Sri Lanka), padre da Igreja Ortodoxa, ex-diretor do Centro Internacional Saint-Baume, tradutor de diversos textos bíblicos a partir do grego e do aramaico, membro da Organização das Tradições Unidas, membro do Ciret (Centre International de Recherches et Études Transdisciplinaires), fundador do Colégio Internacional dos Terapeutas, cofundador da Unipaz junto com Pierre Weil e Monique-Thoenig, conferencista na Europa, nos Estados Unidos, no Canadá e na América do Sul em diversas universidades e institutos de pesquisa em Antropologia Fundamental, autor de dezenas de obras publicadas em diversos idiomas sobre a tradição cristã, bíblica e monacal.

Roberto Crema – Psicólogo e antropólogo do Colégio Internacional dos Terapeutas, mestre em Ciências Humanas e Sociais pela Universidade de Paris Formação em diversas escolas humanísticas e transpessoais, criador do enfoque da Síntese Transacional – uma Ecologia do Ser, na perspectiva de uma quinta força em terapia. Coordenador-geral do I Congresso Holístico Internacional (1987), que impulsionou a criação da Universidade Internacional da Paz – Unipaz e implementador, no Brasil, da Formação Holística de Base, fundamentada na abordagem trandisciplinar (1989). Membro honorário da Associação Luso Brasileira de Transpessoal – Alubrat, Fellowship d