top of page

Por participar de algumas das mais importantes revoluções na Rússia do início do século XX, Mikhail Ossorguin foi preso diversas vezes e conheceu a realidade do exílio por duas delas, sendo sua última estadia em Paris. Traduzido diretamente do russo pelo professor e pe