top of page

Este é o maior levantamento histórico do trabalho de C. G Jung na área da astrologia desde o momento em que começou a estudar o tema. Baseia-se não só em seus escritos publicados, mas também na correspondência e em documentos encontrados em arquivos particulares, muitos dos quais até então nunca revelados. Liz Greene aborda com rigor e erudição minuciosa a natureza do envolvimento de Jung com a astrologia: as fontes antigas, medievais e modernas em que ele se baseou, os indivíduos com quem aprendeu, as ideias sobre como e por que a astrologia funcionava, implicações religiosas e filosóficas, e suas aplicações no tratamento dos pacientes bem como em sua autocompreensão.

 

"C. G. Jung tinha um profundo interesse e envolvimento com a astrologia, algo que deixou claro em praticamente todos os volumes das Obras Completas, assim como em muitas de suas cartas. Esse antigo sistema simbólico teve importância primordial em sua compreensão da natureza do tempo, dos arquétipos, da sincronicidade e do destino humano. Jung, o Astrológo – Um Estudo Histórico sobre os Escritos de Astrologia na Obra de Carl G. Jung é o maior levantamento histórico de seu trabalho astrológico desde o momento em que Jung começou a estudar o tema. Baseia-se não só em seus escritos publicados, mas também na correspondência e em documentos encontrados em arquivos particulares, muitos dos quais até então não revelados. Liz Greene aborda com rigor e erudição minuciosa a natureza do envolvimento de Jung com a astrologia: as fontes antigas, medievais e modernas em que ele se baseou; os indivíduos com quem aprendeu; as ideias sobre como e por que a astrologia funcionava; as implicações religiosas e filosóficas; e as aplicações no tratamento dos pacientes bem como em sua autocompreensão. Ela demonstra com clareza que qualquer esforço sério para compreender o desenvolvimento das teorias psicológicas de Jung, e a natureza de sua visão de mundo, precisa envolver uma exploração minuciosa de seu trabalho astrológico. Essa investigação rigorosa de um tema central no trabalho de Jung é um recurso fundamental para psicólogos analíticos e psicoterapeutas junguianos, estudantes e acadêmicos das teorias junguiana e pós-junguiana, da história da psicologia, do pensamento arquetípico, da mitologia e do folclore, da história dos movimentos da Nova Era, além do esoterismo e da astrologia psicológica."

 

"Liz Greene é astróloga, analista junguiana e escritora americano-britânica, formada em Psicologia Analítica pela Association of Jungian Analysts de Londres (Inglaterra) em 1980. Possui doutorado em Psicologia e em História, e trabalhou durante muitos anos como orientadora de mestrado em Astronomia Cultural e Astrologia na Universidade de Wales, em Lampeter, Reino Unido. É cofundadora do Centre for Psychological Astrology (CPA), em Londres. Autora de vários livros, alguns acadêmicos e outros interpretativos, sobre as relações entre psicologia e astrologia, tarô, Cabala e mito, muitos deles lançados no Brasil pela Editora Pensamento. Algumas dessas obras foram escritas em coautoria com os astrólogos Howard Sasportas e Stephen Arroyo. Em abril de 2010, o Departamento de História da Universidade de Bristol, no Reino Unido, concedeu-lhe o grau de doutorado por sua tese The Kabbalah