top of page

“Lésbicas não são mulheres.”

Este livro reúne textos políticos, filosóficos e literários de Monique Wittig, uma das mais importantes e influentes escritoras feministas francesas. Ela argumenta que a categoria “sexo” é em si política e que a heterossexualidade é um regime político forçado. Teórica do feminismo materialista, Wittig acreditava ser necessário ter clareza das que as mulheres são uma classe social e reconhecer “mulher” e “homem” como categorias políticas e econômicas, que existem por causa de sua relação uma com a outra. Aprofundando essa ideia, ela conclui, no ensaio que dá título ao livro: “Lésbicas não são mulheres”. Wittig defendia que a expressão da identidade de alguém e a liberação de seu desejo exigem a abolição das categorias “homem” e “mulher”, a destruição do sistema heterossexual; somente assim é possível realizar mudanças reais.

 

Monique Wittig (1935-2003), romancista, filósofa e teórica feminista francesa, é uma das figuras centrais dos movimentos lésbico e feminista tanto na França como internacionalmente. Doutora em Ciências Sociais e uma das fundadoras do Movimento de Libertação das Mulheres na França, seu engajamento político e crítico é indissociável de sua obra literária e teórica. Seus ensaios, reunidos e traduzidos na década de 1980 nos Estados Unidos, tiveram grande influência no desenvolvimento dos estudos de gênero e da teoria queer mundialmente. Wittig escreveu sobre a necessidade de derrubar os papéis de gênero impostos socialmente, defendia uma análise materialista da categoria sexo e da heterossexualidade como regime político, e criticava a postura do feminismo de reformar em vez de destruir o sistema. Em 1976, Wittig se mudou de Paris para os Estados Unidos, onde lecionou em várias universidades até sua morte.

O pensamento hétero e outros ensaios - Monique Wittig

SKU: 9786559280148
20,00 €Preço
  • Até 5 dias úteis.