top of page

Em “O inferno musical” (último livro de Alejandra Pizarnik, publicado em 1971, um ano antes de sua morte), a poeta argentina escreveu: “Quem me dera viver somente em êxtase, fazendo o corpo do poema com meu corpo, resgatando cada frase com meus dias e com minhas semanas”. Esse fragmento tem um ar surrealista, entendido como uma continuidade entre o caminho criativo e a experiência de vida da poeta. Mas, acima de tudo, resume aquela já famosa intensidade com que Alejandra escreveu. Um processo em que a leitura de diferentes tradições, a escrita cuidadosa, a compreensão da poesia como ferramenta para perfurar paredes da linguagem e o reconhecimento de que tudo o que ela tentava captar no papel tinha que partir de si mesma, mas se transmutar em algo mais do que memória ou escavação psicanalítica; tornado em experiência poética, comunhão com os outros. [O livro traz prefácio de Laura Erber e posfácio do tradutor Davis Diniz]

 

Alejandra Pizarnik (1936 ― 1972) foi uma escritora argentina, autora de obras de poesia e ensaio. Entre os seus livros se destaca "Los trabajos y las noches" (1965) e "El infierno musical" (1971).

 

Detalhes do produto

  • Editora ‏ : ‎ Relicário
  • 1ª edição (4 janeiro 2022)
  • Idioma ‏ : ‎ Português do Brasil
  • Capa comum ‏ : ‎ 108 páginas
  • ISBN-13 ‏ : ‎ 978-6589889236
  • Dimensões ‏ : ‎ 13 x 1 x 20.5 cm

O Inferno Musical - Alejandra Pizarnik

SKU: 9786589889236
22,00 €Preço
  • Até 5 dias úteis.

   Portes de envio.

Taxa fixa de € 3,25 por pedido

Entrega grátis para pedidos acima de  € 50,00 

                     

Produtos relacionados